sexta-feira, 3 de junho de 2011

A dama das camélias

Comprei este livro na bienal, ainda n tinha lido pois haviam aparecido outros livros que acabei priorizando...Não é um livro muito grande, e a leitura é interessante, pelo menos pra mim...
Estava lendo e prestando atenção na história que se passa em Paris, e conta como uma Corteza deixou sua vida que levava para viver um grande amor. Depois o destino a levou de volta a vida que levava...Acho que grandes amores não foram feitos para serem vividos. Sempre existem desencontros, ou falta de compreensão. Mas o que de tudo mais me surpreendeu, é que de repente me vi, vivendo a história que não era minha, mas nunca deixou de ser a história da minha vida atual. Chorei lendo o livro, e choro agora escrevendo este pequeno texto ou desabafo. E as lagrimas não são uma demostração de fraqueza, mas a expressão mais sentida de nossa alma.
Ainda chegará o dia que histórias como a da Marguerite e Armand poderão existir. O amor sempre constrói. Nos faz ser melhor, nos faz querermos nos tornar pessoas melhores, não importa quem seja a fonte de inspiração.
"Quando a gente ama simplesmente ama, é impossível explicar"

Um comentário:

  1. eu tb gostei bastante desse livro e tb quase chorei no final...

    =)

    Bjos

    ResponderExcluir